Dor Lombar em Crianças

Um estudo publicado na Physical Therapy Journal (PTJ) , a revista científica mensal da American Physical Therapy Association descobriu que um programa de exercício e ensino regular sobre a saúde parece reduzir episódios de Dor Lombar (Low Back Pain) em crianças de 8 a 11 anos.

O estudo é parte de um pequeno número de estudos de ensaios controlados aleatórios de intervenção envolvendo crianças jovens e LBP.

Várias centenas de tais ensaios LBP têm sido conduzidos com adultos.

A fisioterapeuta e pesquisadora Australiana, Julia J. Hill, PhD e a professora Jennifer.L. Keating, PhD, ambas da Faculdade de Medicina e Enfermagem Ciências da Saúde da Universidade de Monash, em Victoria, estudaram mais de 700 crianças, com idade entre 8 e 11 anos, em 7 escolas primárias da Nova Zelândia, durante o ano letivo de 2011.

Eles descobriram que as crianças que foram ensinadas sobre a saúde da coluna vertebral, e que ao mesmo tempo realizaram um programa de 4 exercícios diários para a coluna, relataram significativamente menos episódios de LBP do que as crianças que foram apenas ensinadas sobre a saúde da coluna vertebral.

Ambos os grupos de crianças receberam educação sobre a consciência da saúde da coluna através do programa educativo "MySpine". As crianças foram ensinadas a manter a coluna saudável através de estratégias, bem como os princípios que suportam o comportamentos recomendado. Além disso no grupo de intervenção foi ensinado quatro exercícios diários destinados a incentivar o movimento da coluna lombar.

Os investigadores hipotetizaram que se LBP em crianças pode ser evitada, o ciclo de episódios recorrentes de dor lombar pode ser retardada e a prevalência de ocorrência em adulto pode ser diminuída.

As Autoras descobriram que as crianças do grupo de intervenção haviam experimentado precocemente os primeiros episódios de LBP, e ao longo da vida, após a intervenção, o aparecimento de um novo episódio demorou mais a surgir que o primeiro episódio, além disso houve um menor número de relatos de episódios de dor lombar ao longo do acompanhamento da pesquisa.

Crianças em ambos os grupos que tinham experimentado um episódio de LBP antes do estudo, eram muito mais propensos a relatar um episódio de dor lombar durante o estudo.

Apesar do declínio da aderência ao exercício através do estudo, ambos os grupos tiveram uma redução nos episódios relatados de LBP. De acordo com Hill, "É pouco provável que os quatro exercícios sozinhos eram suficientes para ter um efeito fisiológico. No entanto, é possível que, através de falar sobre a coluna vertebral, demonstrar como ela funciona, dar atenção para a vulnerabilidade da região lombar, e aprendendo o conceito de cuidados, movimentos, e sensibilização da coluna vertebral, as crianças podem ter uma estratégia que pode ser usada para controlar a influência de factores que aumentam o risco de um evento de dor lombar. "

Fonte: http://www.medicalnewstoday.com/releases/292582.php

#FisioterapiaDomiciliar #fisioterapiaemcasarj #fisioterapeuta #lukasescobarfisioterapeuta #lombar #dorlombar #crianças #dorlombarinfantil

Featured Posts